Importância dos Serviços de Manutenção: sistemas e infraestrutura em pleno funcionamento
março 24, 2021
segurança e saúde no trabalho
Abril Verde: conquistas e desafios sobre segurança e saúde no trabalhado
abril 29, 2021

Tendências para a construção civil em 2021

Tendências para a construção civil

Conhecer as tendências da construção civil é muito importante para traçar as perspectivas para 2021. O setor é um dos pilares da economia brasileira. Não à toa, foi o maior gerador de empregos em 2020. Nos primeiros dez meses do ano, a construção foi responsável pela criação de 138.409 novos postos de trabalho e liderou a geração de vagas formais no País superando, inclusive, a Agropecuária, que, no mesmo período, contabilizou 102.911 novos empregos. Os dados foram divulgados pelo Novo Caged – Sistema do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, implementado em 2020, em substituição ao Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial).

Além disso, um estudo do Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê boa perspectiva de retomada da construção civil em 2021, podendo crescer 3,4%. O levantamento usa dados da Federação Interamericana da Indústria da Construção (FIIC) e se aproxima de levantamentos divulgados pela consultoria GlobalData, que estima retração de 5,5% do setor em 2020.

Leia mais:

Outro retrato da construção civil é o fato de o setor estar em constante evolução tecnológica – fator que impulsiona o aumento da produtividade e qualidade de serviços prestados.

O ano de 2020 foi desafiador: a pandemia do Covid-19 impactou o mundo de forma geral. A necessidade de isolamento social imposta pela quarentena acelerou o processo de digitalização e uso de novas tecnologias que já vinham acontecendo nos últimos anos. Os movimentos para este ano devem seguir nesta linha. Portanto, confira as principais tendência da construção civil para 2021 a seguir:

1 – Uso do BIM

O software BIM (Building Information Modelling, em tradução livre para Modelagem de Informações da Construção), em resumo, é utilizado para visualizar todos processo de uma construção em 3D – que, segundo os desenvolvedores, dá mais agilidade e clareza ao projeto. Além disso, a ferramenta pode ser usada no gerenciamento da obra.

O programa é capaz de dar suporte a todo ciclo de vida do projeto, relacionando todos os profissionais envolvidos. Estes profissionais podem acessar simultaneamente e editar informações como encanamento, fiação, material entre outros detalhes técnicos da obra. De acordo com os desenvolvedores, o a tecnologia promete diminuir tempo de obras e reduz risco de erros.

2 – Uso de tecnologias como drones

O uso de drones tem se tornado cada vez mais comum. A ferramenta pode ser utilizada desde o serviço topográfico além de permitir acompanhar à distância o andamento da obra industrial por diversos ângulos. Outra vantagem é o fato de ela ser segura e exigir menos locomoção do funcionário.

3 – Internet das Coisas (IoT)

Assim como o BIM, a Internet das Coisas (IoT) tem sido citada entre as tendências para construção civil. Em resumo, o conceito é conectar várias máquinas entre si por meio da internet. Ela tem se mostrado uma inovação surpreendente na construção civil e auxiliado profissionais a otimizarem processos.

Segundo a União Internacional das Telecomunicações (UIT), “Internet das Coisas é uma infraestrutura global para a sociedade da informação, que habilita serviços avançados por meio da interconexão entre coisas (físicas e virtuais), com base nas tecnologias de informação e comunicação. A Internet das Coisas cria um novo valor a partir de dados do mundo real e está transformando profundamente as indústrias.”

De acordo com o estudo do BNDES, “Internet das Coisas: um plano de ação para o Brasil”, em 2025, IoT poderia adicionar $4-11 trilhões à economia global e $50-200 bilhões ao Brasil. Embora não haja dados específicos ao setor da construção civil, como citamos no início da matéria, o setor é um dos pilares da economia brasileira. Portanto, certamente será impactado.

Você já conferiu o Folder Institucional da Possebon? Baixe agora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *